Ecoturismo e a ameaça aos animais

O ecoturismo cresce cada vez mais no Brasil e a causa é simples: somos um país rico em belezas naturais. A prática do ecoturismo busca conservar ambientes naturais e formar uma consciência ambiental  em torno dos nossos patrimônios naturais. Os benefícios decorrentes da prática são muitos, como diminuição de impacto sobre o patrimônio, melhoria dos equipamentos em áreas protegidas, geração de emprego local e melhoria de qualidade de vida da comunidade envolvida.  Além disso, aos visitantes, promove contato com a fauna e a flora local.

No entanto, o que não nos atentamos é que o ecoturismo pode gerar algumas ameaças. De acordo com uma pesquisa realizada por norte-americanos, franceses e brasileiros, publicada no mês passado pelo El País, esta atividade turística pode gerar uma ameaça aos animais. Ao estudarem o comportamento de animais selvagens diante da presença dos seres humanos constataram que eles apresentaram reações parecidas com animais domesticados e mostraram-se confiantes. A consequência dessa confiança é que os mesmos tornam-se suscetíveis a predadores naturais e a caçadores.

Outro ponto levantado pela pesquisa é que a domesticação ocorre em poucas gerações, ou seja, não é preciso muitos anos para que os animais fiquem mais dóceis.  A confiança e docilidade deles altera também a produção de corticosteroides que são os hormônios relacionados ao estresse. As cidades tem o efeito de afastar os predadores, reduz a reação dos animais diante do perigo e podem virar uma espécie de santuário em que os bichos diminuem seu alerta diante de perigos.

A pesquisa traz um grande questionamento: seria necessário proibir a entrada de turistas em espaços naturais? De fato, existe o lado prejudicial aos animais, mas nem sempre a presença dos humanos é maligna. O jeito talvez seja a busca de soluções que amenizem os efeitos nocivos aos animais de alguma forma.

Fonte: El País

Leia também!

Tarsyla Masys

Tarsyla Masys

view all posts

Paulistana, publicitária, pós-graduada em Gestão Cultural, amante da natureza, apaixonada pelo universo literário e em busca de ideias inovadoras que mudem o mundo.

0 Comments CLIQUE E COMENTE →


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>