Cinco espécies frutíferas utilizadas para arborização

A utilização de espécies frutíferas para arborização pode acontecer tanto em parques, praças e até mesmo em avenidas, como também no seu próprio lar, é o que acontece na cidade onde eu moro, que a prática de ter plantas frutíferas no próprio quintal é bem comum, os frutos são consumidos in natura ou usados para os preparos de sucos, doces, geléias e até temperos, podem também servir de alimento para pássaros que são atraídos pelos frutos.

Poderia dizer que o estado de Rondônia faz jus à tradução popular da frase célebre de Pero Vaz de Caminha (1450-1500) quando enviou uma carta ao rei de Portugal, Dom Manuel I (1469-1521) onde o escrivão da frota de Pedro Alvarez Cabral enalteceu o cenário: “Águas são muitas; infindas. E em tal maneira é graciosa que, querendo-a aproveitar, dar-se-á nela tudo, por bem das águas que tem”.  Em “que se plantando tudo dá”.

Falando em plantar, eu escolhi cinco espécies frutíferas para descrever a vocês, começando pela deliciosa jabuticabeira (Plinia cauliflora) é nativa da Mata Atlântica, podendo alcançar 15 metros de altura, é uma planta própria para o quintal ou pomar, atinge seu ápice como planta ornamental durante a floração e frutificação, os frutos são usados para o preparo de sucos, licores, geléias e doces. Essa árvore possui crescimento lento, levando cerca de 10 anos para sua primeira frutificação. Mas quando começa não para mais e sua produtividade cresce a cada ano.  A cidade de Jaboticabal, em São Paulo, foi nomeada em homenagem a essa planta.  

As aceroleiras (Malpighia emarginata) são arbustos de até 3 metros de altura, sua copa é bastante densa com pequenas folhas verde-escuras e brilhantes. Suas flores, de cor rósea-esbranquiçada têm floração durante todo o ano.  O fruto, quando maduro, tem uma variação de cor que vai do alaranjado ao vinho, passando pelo vermelho, seu sabor é ácido-azedo e o cheiro é semelhante ao da maça, a polpa pode ser usada para sucos, sorvetes e mousses. Existem mais de 42 variedades de acerola que são cultivadas no Brasil.

O (Citrus aurantifoliatambém conhecido como limão Taiti, é uma das espécies de citros de maior precocidade, apresentando, a partir do terceiro ano, uma produção significativa. Árvore geralmente com 4 metros de altura, essa fruta é muito procurada e consumida no Brasil, o limão-taiti é usado como tempero e em bebidas, por exemplo, na caipirinha. Sua produção é de 80 a 100 quilos de frutos por árvore, contudo, um fruto tão consumido é ideal para se ter ao alcance das mãos. 

A Pitangueira (Eugenia uniflora) é uma árvore ou arbusto frutífero e ornamental, nativo da mata atlântica, que produz frutos doces e perfumados, O nome “pitanga” é de origem tupi e significa vermelho-rubro, quando essa planta é arbustiva sua altura varia entre 2 a 4 metros, quando arbóreo, entre 6 e 12 metros de altura.  Seu florescimento pode ocorrer de duas ou mais vezes ao ano. As flores são pequenas, delicadas, hermafroditas, claras, perfumadas, com longos estames e muito melíferas, atraindo abelhas. Seu fruto pode ser usado in natura, ou na produção de licores, cachaças aromatizadas, geléias e vinhos.

A graviola (Annona muricata) é uma planta originária das Antilhas, é uma árvore de pequeno porte que atinge de 4 a 6 metros de altura, suas folhas verdes brilhantes e flores amareladas, grandes e isoladas, que nascem no tronco e nos ramos, os frutos têm forma ovalada, grandes, chegando a pesar entre 750 gramas a 8 quilogramas e produzindo o ano todo, o sabor da fruta é agridoce, delicado e cremoso que pode ser apreciado in natura, como sucos, vitaminas ou sorvetes. Além disso, a graviola tem propriedades medicinais, dizem que é usada para doenças como câncer, diabetes, emagrecimento, combate do envelhecimento precoce, cólica, insônia, enxaqueca e muitas outras. Seja verdade ou mito, não custa nada ter uma árvore dessa não é mesmo?

Todas as espécies indicadas são bem populares e fáceis de serem encontradas, sendo de fácil manejo e boa produtividade, nada mais gostoso que aproveitar uma boa sombra e ainda ter disponível frutas para o consumo próprio. Fora as espécies apresentadas poderia ainda incluir cupuaçu, goiaba, laranja, mexerica, romã e caju…

De todas essas espécies frutíferas, qual você plantaria? até a próxima.

Leia também!

0 Comments CLIQUE E COMENTE →


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>